quinta-feira, 15 de abril de 2010

Longe de Mim Mesmo

Estou longe de mim mesmo,



Vagando em pensamentos,


Oprimindo meus sonhos,


Desprezando meus desejos.






Longe das fantasias,


Longe dos entusiasmos,


Vivendo a realidade


Sobrevivendo de um passado.






Estou longe de mim mesmo,


Vivendo o que mais temo,


De corpo cansado e alma morrendo!


Olhos vendados, pés amarrados


Punhos fechados, amargo veneno.






Longe de mim mesmo!


No suicídio dos meus dias,


Eu vou me entorpecendo,


Matando as alegrias,


Matando-me por dentro.






Estou muito longe!


Muito longe de mim mesmo!
 
 
 
Leni Martins

2 comentários:

  1. Já me senti, e confesso, constantemente me sinto, assim...

    www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Hi... Looking ways to market your blog? try this: http://bit.ly/instantvisitors

    ResponderExcluir

Enfatize suas idéias.